(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Encontrado o segundo corpo vítima de afogamento no rio Sapucai
RioSapucai

Encontrado o segundo corpo vítima de afogamento no rio Sapucai

Corpo de 2ª vítima de afogamento em cachoeira é reconhecido em São José da Bela Vista, SP

Wanderson da Cruz Souza, de 22 anos, estava desaparecido desde domingo (6). Ele e mais dois amigos foram levados pela correnteza na Cachoeira dos Dourados.

Por g1 Ribeirão Preto e Franca

<hr size=2 width=”100%” align=center>

Wanderson da Cruz Souza, de 22 anos, morreu após se afogar na Cachoeira dos Dourados, entre São José da Bela Vista e Nuporanga, SP — Foto: Redes Sociais

Familiares reconheceram na noite desta quarta-feira (9) o corpo de Wanderson da Cruz Souza, de 22 anos, achado pela manhã no Rio Sapucaí, entre São José da Bela Vista (SP) e Nuporanga (SP).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, Wanderson é a segunda das três vítimas do afogamento registrado na Cachoeira dos Dourados no domingo (6). Ainda nesta quarta-feira, as equipes de resgate localizaram o corpo de José Leomar Gomes da Silva, de 22 anos, no Rio Sapucaí.

(CORREÇÃO: o g1 errou ao informar que o primeiro corpo encontrado nesta quarta-feira foi o de Luan Rodrigues do Nascimento. A informação foi corrigida às 22h desta quarta-feira, 9/3/2022.)

Os corpos dos dois jovens foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Franca (SP).

As buscas por Luan Rodrigues do Nascimento, de 18 anos, terceira vítima desaparecida, devem ser retomadas na quinta-feira (10).

Familiares e amigos acompanham buscas por jovens desaparecidos em cachoeira entre São José da Bela Vista, SP, e Nuporanga, SP — Foto: Jefferson Severiano Neves/EPTV

Três dias de buscas

O Corpo de Bombeiros deu início às buscas na manhã de segunda-feira (7). Luan, Wanderson e José Leomar são de São Joaquim da Barra(SP) e se divertiam na Cachoeira dos Dourados, no domingo, quando foram arrastados.

Segundo uma testemunha, José Leomar foi levado pelas águas, e os dois amigos pularam no rio para salvá-lo, mas não conseguiram retornar à margem.

Uma força-tarefa com bombeiros de Franca e de Orlândia (SP) foi montada, e os mergulhadores começaram a seguir rio abaixo em busca das vítimas. Todo o leito foi percorrido até a ponte do Rio Sapucaí, mas a correnteza forte prejudicou os trabalhos.

 

Esta notícia foi lida 75 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com