(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF
CelsoMelo

Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Celso de Mello, disse nesta sexta-feira (25) ao Estadão/Broadcast que “razões de ordem médica” o levaram a antecipar sua aposentadoria para 13 de outubro – três semanas antes do previsto. Na prática, a decisão de Mello abre a primeira vaga na Corte para indicação de Jair Bolsonaro.

Hoje, o favorito para a cadeira do decano é o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira. A articulação pela aprovação do nome de Oliveira já vem sendo feita nos bastidores do Senado.

Relator do inquérito que investiga se Bolsonaro tentou interferir politicamente na Polícia Federal, Celso de Mello completa 75 anos em 1º de novembro, quando se aposentaria de forma compulsória. O destino do inquérito é incerto no STF.

“Razões estritas (e supervenientes) de ordem médica tornaram necessário, mais do que meramente recomendável, que eu antecipasse a minha aposentadoria, que requeri, formalmente, no dia 22/09/2020”, disse Celso de Mello. O decano rechaçou as especulações levantadas nas redes sociais de militantes bolsonaristas, que atribuíram a antecipação da aposentadoria a uma tentativa de se livrar de imposto de renda “NÃO foi por invalidez!!! Foi uma simples e voluntária aposentadoria, eis que possuo pouco mais de 52 anos de serviço público (Ministério Público paulista + Supremo Tribunal Federal)”, escreveu o ministro, em resposta enviada pelo WhatsApp.

Esta notícia foi lida 41 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com