(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Funcionárias da Creche Francisco Salles de Abreu Sampaio São denunciadas por maus tratos
CrecheFrancisco

Funcionárias da Creche Francisco Salles de Abreu Sampaio São denunciadas por maus tratos

 

Duas funcionárias da Creche Francisco Salles de Abreu Sampaio, foram afastadas de seus cargos, acusadas de maus tratos a crianças da instituição. Três mães denunciaram no Conselho Tutelar que seu filhos foram mau tratados. Uma destes denúncias diz respeito a perna da criança que foi lesionada de modo que a criança passou a ter dificuldades para andar. Outra acusação faz referência a funcionária que dizia que a criança “era fedida” que não lhe daria banho.  Existem vídeos de Mães que levaram o caso ao Conselho Tutelar e Secretaria de Educação.

O Prefeito Oswaldo Ribeiro Junqueira Neto, Vado, tendo conhecimento dos fatos, afastou as funcionários e disse que vai apurar o caso com rigor e instaurar  processo administrativo que pode levar o funcionário, inclusive a perda do cargo público.

Nota oficial da Prefeitura de Orlândia:

A Prefeitura Municipal de Orlândia vem a público informar à população que na última semana, algumas mães procuraram a Secretaria Municipal de Educação, para denunciar possíveis agressões ocorridas com seus filhos, na EMEB “Francisco Salles de Abreu Sampaio”.

Desde então, todas as medidas estão sendo tomadas.

Foi solicitada a abertura de processo administrativo para apuração dos fatos e elucidação dos casos denunciados.

Também nos colocamos a inteira disposição de outras investigações que forem realizadas pelas demais autoridades competentes. Caso, fique constatado o fato, as mais rígidas punições no âmbito administrativo, que cabem a Prefeitura Municipal, serão tomadas. Por fim, importante destacar que repudiamos qualquer ato, ameaça ou tentativa de violência física ou verbal.

A Administração Municipal de Orlândia, comunica que as funcionárias envolvidas nas supostas agressões, serão afastadas de seus serviços, até o término do processo administrativo e apuração dos fatos.

Esta notícia foi lida 128 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*