(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / IORM leva alunos ao Museu em SP
IORM

IORM leva alunos ao Museu em SP

Como parte da parceria com o MAM, IORM leva 34 alunos para visita ao Museu em São Paulo

“A viagem foi maravilhosa. Foi tudo perfeito e vai ficar pra sempre guardado no meu coração.”, disse a aluna Shayeda Shackur Souza Oliveira, do núcleo do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça em Orlândia. Ela foi uma entre os treze alunos do núcleo do IORM de Orlândia e outros 21 alunos do núcleo do Instituto Oswaldo Ribeiro de Mendonça – IORM, de Ipuã que viajaram a São Paulo, no dia 27 de julho, para a visita ao Museu de Arte Moderna de São Paulo – MAM. A visita é o desdobramento da parceria institucional que une IORM e MAM.

A Campanha Conexão é Educação – Internet para Todos permitiu que o IORM estabelecesse conexões com o Museu de Arte Moderna – MAM, de São Paulo, que elegeu o Instituto como organização para o projeto piloto de tutoria do Minecraft Educação.

O jogo que viralizou entre os estudantes foi adaptado pelo MAM como uma ferramenta educativa e uma possibilidade de visita virtual ao Museu.  Como resultado dessa visita virtual, o Museu virtual já é conteúdo de aulas da Usina da Dança, desde o mês de abril. “Através do jogo MAM no mundo Minecraft, iniciamos o diálogo da Dança Contemporânea compondo com formas, cores, níveis, dimensões, ângulos, subjetividade e tecnologia, assim como o jogo propõe na imersão junto às obras”, conta Valéria Pazeto, coordenadora artística do IORM.

 

Exploração

Na chegada ao MAM, representantes do setor Educativo do Museu, Milena de Oliveira Silva, Luna Souto Ferreira e Leonardo Sassaki Pires segmentaram os alunos por turmas, conforme a faixa etária e promoveram atividades adequadas ao perfil de cada grupo. Os alunos mais novos foram engajados em uma abordagem mais lúdica, com atividades realizadas no Jardim das Esculturas. O espaço já era conhecido por todos graças ao jogo Minecraft, que ofereceu aulas de dança Contemporânea virtualmente ambientadas no Jardim. “Foi grande o entusiasmo dos alunos que acharam fantástico poder estar no lugar físico, anteriormente visualizado apenas em telas.”, destacou a educadora Vivian Vinha.

Depois de finalizada a exploração  do Jardim, os educadores do MAM orientaram os grupos para a visitação da parte interna do Museu, de forma  livre . Além de milhares de obras do acervo do MAM, os alunos também tiveram a oportunidade de visitar  a mostra 37º Panorama da Arte Brasileira – Sob as cinzas, Brasa. Em seguida, os alunos foram almoçar no restaurante Pret que fica localizado nas dependências do MAM e então aproveitaram de um momento de prazerosa convivência no exterior do museu em um dia com um clima maravilhoso. Os alunos sentaram, brincavam e conversavam rodeados de muita arte. “Uma das coisas que mais chamou a atenção dos alunos foi o OCA – o Pavilhão Lucas Nogueira Garcez, espaço de exposições localizado no Parque do Ibirapuera. E eles não sabiam que esse seria o próximo destino do dia”, relata a assistente social Laís Cunha.

“Escutamos ativamente nossos alunos que demonstraram o desejo de conhecer o MAM real e não apenas o virtual, conseguimos realizar a primeira  visita presencial. Essa visita vem como a primeira ação dessa parceria, que entendemos como uma troca muito importante, para o estreitamento das relações, para nós indo até eles, assim como uma futura possibilidade do MAM vir para o interior do estado. Essa relação mais próxima com o Museu potencializa o desenvolvimento artístico, fomentado nas aulas de Dança, as suas relações com a contemporaneidade e a importância de oportunizar experiências estéticas.”, salienta a coordenadora artística do IORM, Valeria Pazeto.

 

Tim Burton

No OCA, os visitantes viram a exposição  A Beleza Sombria dos Monstros: 13 Anos da Arte de Tim Burton”, sobre a obra do cineasta, produtor, roteirista, escritor, animador e desenhista norte-americano.

Alunos e funcionários obtiveram gratuidade dos ingressos, isso só foi possível , pois anteriormente a equipe do IORM havia entrado em contato informando sobre a visita no MAM e sobre o interesse em participar da exposição. A representante do MAM, Patrícia Biba Limeira, solicitou dados para que pudesse ser realizado o agendamento.

Os alunos foram acompanhados pelos colaboradores do IORM Ana Luiza Santos Bolsoni, Aline Piazza Siqueira Silva, Júlio Cesar Soares, Laís Danielle dos Santos Silva Cunha, Lígia Aparecida Kamimura, Lúcia Helena Gomes de Castro, Mariana Donizete de Carvalho Marques, Marina Munari Zanini e Vivian Gonçalves Vinha  e pela professora de artes  Mariana Donizete de C Marques, que apesar de não pertencer ao quadro de educadores do Instituto, é uma grande colaboradora do IORM.

A Usina da Dança vem desenvolvendo a adaptação do Minecraft para a dança. O trabalho é conduzido pela professora Vivian Vinha junto às turmas do projeto nos núcleos do IORM em Ipuã e Orlândia. O mesmo trabalho junto às turmas dos núcleos do IORM em Guaíra e Miguelópolis e de uma turma em Orlândia é realizado pela professora Marina Munari.

“Nossa que legal, adorei esse passeio”, disse o aluno Murilo Henrique Cardoso, do núcleo do IORM em Ipuã, na viagem de volta para casa, dando voz ao sentimento de cada criança que participou da visita.

A coordenadora artística Valéria Pazeto, e o gerente executivo Rafael Braghiroli, estiveram no MAM,  em reunião no final do mês de junho , para alinhar a parceria institucional. Participaram da reunião o diretor Executivo do Museu, Alisson Mendonça, que é CEO da Faaro, empresa que possibilitou a aproximação interinstitucional. Estiveram, ainda, na reunião, Reginaldo Gomes, responsável pelas coleções artísticas da Faaro, e a educadora Amanda Santos do MAM.

“Enxergamos a potência desta parceria e agradecemos ao MAM por viabilizar espaços de integração entre as linguagens artísticas é um momento em que valorizamos multiplicar as infinitas possibilidades para que nossos alunos possam vivenciar. A parceria entre o IORM e o MAM prevê que todos os alunos participantes do projeto Usina da Dança em Orlândia, Ipuã, Guaíra e Miguelópolis, visitem o Museu dando continuidade ao aprofundamento desse relacionamento”, destaca Valéria.

 

 

 

 

Maria Inês M. G. M. de Carvalho
Coordenadora do Conselho do IORM
Fone: (16) 8155-5291 | (17) 3330-3377
www.iorm.org.br
www.facebook.com/iorm.oficial

Esta notícia foi lida 45 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com