(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Kássio Marques tem nome confirmado como novo ministro do STF
Kassio2

Kássio Marques tem nome confirmado como novo ministro do STF

André Borges, Daniel Weterman e Vinícius Valfré, O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – Era para ser uma sessão de questionamentos, uma prova de fogo sobre o conhecimento jurídico, profissional e acadêmico. Era para ser uma oportunidade de se esclarecer polêmicas, a reputação ilibada. Era para ser, afinal, uma sabatina. Mas o que se viu em boa parte das mais de dez horas de audiência entre os senadores e Kassio Nunes Marques foi um longo desfile de elogios, uma sessão pública regada a doses infindáveis de adjetivos para forrar o caminho do indicado de Jair Bolsonaro a mais nova vaga do Supremo Tribunal Federal (STF). Kassio Marques teve seu nome aprovado por 22 votos a favor e cinco contra na CCJ. Logo em seguida, foi confirmado ministro do STF pelo plenário do Senado, com 57 votos favoráveis, 10 contrários e uma abstenção.

Longe da missão constitucional de interpelar o indicado a um cargo vitalício na suprema corte, onde Kassio Marques poderá definir temas cruciais do País até o ano de 2047, boa parte dos senadores se empenhou, na prática, a se concentrar naquilo que é bem conhecido como “rasgação de seda”. E haja seda.

Antônio Anastasia (PSD-MG) ainda tratou de fazer um preâmbulo. “Me espantaram muito, durante esse processo de indicação do eminente desembargador, com algumas dúvidas lançadas (…) sobre a questão do notável conhecimento jurídico e da reputação ilibada”, ponderou o senador mineiro, para emendar logo em seguida. “Não posso deixar de elogiar a escolha que o presidente fez do desembargador. É homem preparado, culto, dedicado, tem todas as condições de exercer não só o cargo que já exerce, de magistrado, mas também ocupar a vaga no STF”.

Do alto de suas oito legislaturas sobre o tapete azul do Senado Federal, Renan Calheiros (MDB-AL) abriu sua mala de elogios, para dar o tom que marcaria boa parte das “intervenções” feitas pelos parlamentares. “É uma grande e oportuna indicação que, com certeza, elevará a nossa corte superior”, sacramentou Renan, ao destacar a “exposição inicial irretocável” feita por Kassio Marques, dono de “espetacular cultura geral e formação jurídica inquestionável”.

Renan não deixaria de mencionar, contudo, suas inquietações com temas delicados sobre os quais o novo ministro da suprema corte deverá se debruçar de agora em diante, como a Operação Lava Jato, a investigação da Polícia Federal que, segundo Renan, teve seus acertos, mas também cometeu “excessos” e fez “tudo que a Constituição não permitia que se fizesse”.

Esta notícia foi lida 34 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com