(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Quem é Zhong Shanshan, o ‘lobo solitário’ que se tornou a pessoa mais rica da China com seu negócio de água engarrafada
Zhong

Quem é Zhong Shanshan, o ‘lobo solitário’ que se tornou a pessoa mais rica da China com seu negócio de água engarrafada

Zhong Shanshan, o criador e proprietário de uma empresa de água engarrafada chamada Nongfu Spring , substituiu o fundador do Alibaba, Jack Ma, como a pessoa mais rica do gigante asiático, de acordo com a agência de notícias financeiras Bloomberg.

Segundo a lista de bilionários mais recentes da Bloomberg, Zhong tem um patrimônio que chega a US$ 58,7 bilhões, o que também o coloca na 17ª posição entre as 500 pessoas mais ricas do mundo.

Ele também é a segunda pessoa mais rica da Ásia, atrás de Mukesh Ambani, o bilionário indiano que é dono da Reliance Industries, um conglomerado de empresas de energia, petroquímica, têxteis, recursos naturais, varejo e telecomunicações.

O empresário chinês, que ocupava o terceiro lugar na lista de bilionários de seu país nos anos anteriores, passou para o primeiro lugar depois que a Nongfu Spring abriu seu capital recentemente e após sua participação majoritária em um fabricante de vacinas.

Quem é Zhong Shanshan?

Zhong é considerado um caso excepcional entre os bilionários da China, já que a maioria deles no país asiático tem negócios ligados à indústria de tecnologia.

O empresário também é conhecido por não ter muitos amigos entre as elites empresariais chinesas e por ter um estilo de vida discreto, o que lhe valeu o apelido de “lobo solitário”.

Engarrafadora que lhe deu fortuna foi criada em 1996 © Getty Images Engarrafadora que lhe deu fortuna foi criada em 1996

Nascido em 1954 em Hangzhou, capital da província chinesa de Zhejiang, Zhong foi forçado a abandonar a escola após a Revolução Cultural.

A partir do final dos anos 1960, trabalhou com construção, como repórter de jornal e como vendedor de bebidas antes de abrir seu próprio negócio.

A engarrafadora que o lançou para a fortuna foi criada em 1996 e em poucos anos, através do crescimento e da aquisição de outras empresas, tornou-se a maior produtora de água engarrafada da China.

Ela também está entre as três principais empresas no mercado de chá e suco engarrafado, e as garrafas com tampa vermelha da Nongfu Spring são vendidas em todo o país, de pequenas lojas a hotéis de luxo.

Jack Ma, do Alibaba, durante anos encabeçou a lista dos mais ricos da China, com patrimônio avaliado em US$ 34 bilhões © Getty Images Jack Ma, do Alibaba, durante anos encabeçou a lista dos mais ricos da China, com patrimônio avaliado em US$ 34 bilhões

Mas os lucros do empresário também se beneficiaram com a pandemia: Zhong é o maior acionista da Beijing Wantai Biological Pharmacy Enterprise, que fabrica kits de teste para covid-19.

Em abril, a farmacêutica foi listada na bolsa de valores chinesa, e a participação majoritária de Zhong na empresa elevou sua fortuna geral para US$ 20 bilhões em agosto.

A empresa farmacêutica afirma que fez parceria com duas universidades para desenvolver uma vacina candidata para combater o coronavírus.

Como Zhong se tornou o homem mais rico da China?

Segundo a Bloomberg, a volatilidade das ações de empresas como Huawei, TikTok e WeChat devido às sanções americanas afetou o valor de mercado da tecnologia chinesa.

Como resultado, o setor de alimentos e produtos domésticos do país agora está competindo com sua indústria de tecnologia entre aqueles com mais milionários.

As ações da Nongfu Spring, por exemplo, subiram 54% no primeiro dia de negociação no início deste mês na Bolsa de Valores de Hong Kong.

E, após uma semana amarga para empresas de tecnologia, o magnata chinês foi alçado ao topo do ranking de milionários da China.

No entanto, de acordo com a Bloomberg, Zhong não deve ficar muito tempo à frente de Ma, que ocupou o primeiro lugar nos últimos seis anos.

O Ant Group, apoiado pelo Alibaba, deve ser listado nas bolsas de valores da China e de Hong Kong no próximo mês, aumentando ainda mais a riqueza do magnata da tecnologia.

A empresa de pagamentos online poderia render a Ma cerca de US$ 28 bilhões se a empresa atingir a avaliação de US$ 250 bilhões que tem como objetivo.

Segundo dados do Credit Suisse e do Relatório Hurun, desde o ano passado a China se tornou o país com mais bilionários do mundo, à frente dos Estados Unidos e da Índia.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

 

Esta notícia foi lida 49 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com