(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Sobe a 44 o número de mortes por fortes chuvas em Minas Gerais
ChuvasMinas

Sobe a 44 o número de mortes por fortes chuvas em Minas Gerais

BELO HORIZONTE – O número de mortos em decorrência das chuvas em Minas Gerais subiu para 44, conforme boletim da Defesa Civil divulgado no fim da tarde deste domingo, 26. Treze mortes aconteceram em Belo Horizonte. Há 13.887 desalojados no estado e 3.354 desabrigados. São 19 desaparecidos até o momento e 12 feridos. Diante da tragédia, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) ampliou, de forma sumária, para 47 o número de municípios mineiros em situação de emergência em função dos temporais.

Resgate em Belo Horizonte após deslizamentos
Equipes fazem resgate após deslizamentos na Vila Bernadete, na região do Barreiro, em Belo Horizonte Foto: Douglas Magno/AFP

A pasta também disponibilizou, de forma imediata, R$ 90 milhões para as ações de socorro, assistência e reconstrução em todo o País, por meio da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Para ações imediatas de resposta ao desastre, o apoio abrange desde a distribuição de kits de assistência humanitária (cestas básicas, água potável, kits dormitório etc.) a recursos para a contratação de serviços como a limpeza de vias públicas.

O valor dos recursos destinados a essas regiões ainda pode aumentar, de acordo com o plano de ação a ser elaborado pelos municípios. Além das cidades mineiras, quatro municípios do Espírito do Santo tiveram a situação de calamidade reconhecida de forma sumária pelo governo federal.

O reconhecimento sumário é feito quando a União constata que desastre público e notório é considerado de grande intensidade. Nestes casos, para agilizar o atendimento à população e garantir o acesso a recursos federais, o MDR realiza o reconhecimento antes mesmo que a solicitação do município ou do Estado preencha todos os pré-requisitos legais. A decisão, assinada neste domingo, será publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 27.

 

Mortes

Na manhã deste domingo, a prefeitura da capital informou que cinco pessoas retiradas de casa pela Defesa Civil e agentes da assistência social na sexta-feira, 24, e que retornaram para a residência na mesma data, foram soterradas no bairro Engenho Nogueira. Ainda conforme o governo municipal, os corpos foram encontrados e as buscas, encerradas, no local.

O relatório da Defesa Civil aponta, além de 13 mortes em Belo Horizonte e uma em Caratinga, seis em Betim e cinco em Ibirité, ambas cidades da Grande Belo Horizonte. As cidades de Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Simonésia, todas na Zona da Mata, registram três mortes. Outras duas mortes ocorreram em Pedra Bonita e Luisburgo,ambas também na Zona da Mata. Contagem, na Grande Belo Horizonte, tem duas mortes. As cidades de Divino, Santa Margarida, Manhuaçu e Tocantins, as quatro na Zona da Mata, computam uma morte cada.

Veja de quais cidades são as vítimas das chuvas em Minas Gerais:

  • Belo Horizonte (capital): 13
  • Betim (Grande Belo Horizonte): 6
  • Ibirité (Grande Belo Horizonte): 5
  • Alto Caparaó (Zona da Mata): 3
  • Alto Jequitibá (Zona da Mata): 3
  • Simonésia (Zona da Mata): 3
  • Pedra Bonita (Zona da Mata): 2
  • Luisburgo (Zona da Mata): 2
  • Contagem (Grande Belo Horizonte): 2
  • Divino (Zona da Mata): 1
  • Santa Margarida (Zona da Mata): 1
  • Manhuaçu (Zona da Mata): 1
  • Tocantins (Zona da Mata): 1
  • Carangola: 1
Resgate em Belo Horizonte após deslizamentos
Belo Horizonte é a cidade mineira com maior número de mortos em decorrência das chuvas Foto: Douglas Magno/AFP

Confira as cidades em estado de emergência:

  1. Abre Campo
  2. Alto Caparaó
  3. Alto Jequitibá
  4. Belo Horizonte
  5. Betim
  6. Brumadinho
  7. Caeté
  8. Caparaó
  9. Carangola
  10. Cataguases
  11. Congonhas
  12. Contagem
  13. Divino
  14. Dores do Turvo
  15. Ervália
  16. Espera Feliz
  17. Guidoval
  18. Ibiaí
  19. Ibirité
  20. Luis Burgo
  21. Manhuaçu
  22. Mariana
  23. Mateus Leme
  24. Matipó
  25. Monjolos
  26. Muriaé
  27. Nova Lima
  28. Orizania
  29. Patrocínio de Muriaé
  30. Pedra Bonita
  31. Raposos
  32. Raul Soares
  33. Ribeirão das Neves
  34. Rio Acima
  35. Sabará
  36. Santa Bárbara
  37. Santa Luzia
  38. Santa Margarida
  39. São Gonçalo do Sapucai
  40. Sarzedo
  41. Senador Firmino
  42. Simonésia
  43. Taquaraçu de Minas
  44. Teófilo Otoni
  45. Tocatins
  46. Ubá
  47. Visconde do Rio Branco

Esta notícia foi lida 59 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*