(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Teste positivo, exemplo negativo
Bolsonaro16

Teste positivo, exemplo negativo

 

Por Chester Martins

Chester15

O presidente Bolsonaro testou positivo para covid 19.

É um homem de sorte. Levou uma facada e não perdeu a vida graças à proximidade de um hospital em Juiz de Fora e a médicos capacitados que efetuaram, de forma rápida, todos os procedimentos corretos.

Agora é infectado pelo coronavírus e mostra sinais que seu organismo tem todas as condições de franca recuperação.

Em outras palavras, a doença parece que não o afeta, como afeta outras pessoas. No Brasil e em Orlândia, são vários os casos de pessoas que lutam contra a doença e a morte, internados há semanas em estado grave.

 

O presidente tem sorte.

 

Mas não tem  sabedoria

Ontem, dia 7, o Brasil teve a oportunidade de assisti-lo fazendo um pronunciamento bizarro, grotesco.

Foi  irresponsável, desafiando a medicina e até zonbando da doença. Aparece tomando a terceira dose de hidroxicloroquina.

Já estão esclarecidos e abandonados os estudos em torno deste medicamento, que mostraram não ter eficácia nenhuma no tratamento.

E o presidente dá um péssimo exemplo, se exibindo tomando cloroquina. Parece garoto propaganda de alguma indústria farnacêutica ou sócio, ou amigo de dono de laboratório.

Ora… presidente. Qualquer criança do grupo escolar sabe que a doença afeta mais uns que outros.

Alguns não vão sentir nada. Outros morrem.

Eu tenho amigo doente, internado em hospital, lutando contra a doença e o Senhor faz, do caso,   um marketing político, postando-se como super homem.

Há pouco tempo atrás, afirmou que uma facada não lhe tirou a vida, não será uma gripezinha que o matará.

Ora.. É preciso ter responabilidade.

Já colocou também que: “Quem é de direita toma cloroquina. Quem é de esquerda toma Tubaína”.

O que o presidente fez ontem foi inconseqüente. Dizer que o vírus é uma chuva que vai pegar somente alguns. E que os jovens podem ficar tranqüilos.

Boris Jhonson, o primeiro ministro Britânico, também desprezou o coronavirus. Foi contagiado e quase morreu.  Mas pediu desculpa.

A Suécia também desafiou o vírus. Mas, pediu desculpa ao seu povo e ao mundo.

Ora…V. Excia é o presidente da sétima economia do mundo e deveria ser mais equilibrado nas suas atitudes e colocações públicas. Sua atitude mancha a imagem do país.

Pare de ignorar a inteligência alheia. A doença pode não afetá-lo, mas está matando milhares de pessoas no Brasil e no mundo.

Presidente é o líder maior da nação e seu exemplo serve de referência ao seu povo.

 

Acredito que, como eu, a maioria da população se indignou e provavelmente vai ignorar o show dado ontem e  vai respeitar as normas de isolamento, usar máscara e álcool  gel, lavar as mãos, etc

 

Presidente… está na hora de governar e  mostrar serviço. Afinal,  a Reforma da Previdência estava no forno há 50 anos e seria aprovada independentemente de quem quer que fosse eleito.  O projeto da transposição do Rio São Francisco existe desde os tempos do império e foi feito pelo governo do PT. Se o presidente considera os membros do STF um bando de bandidos e quer vê-los na cadeia, comece a mudança pela forma de escolha. E indique um grande jurista e conhecedor da Constituiçãp e não pelo fato de ser evangélico.

Mude as coisas. O Brasil precisa de reformas. Faça-as.

 

Esta notícia foi lida 68 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com