(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Vado ameaça trazer médicos de fora para atender população de Orlândia
medicos2

Vado ameaça trazer médicos de fora para atender população de Orlândia

 

O Prefeito Oswaldo R. Junqueira Neto, Vado, declarou que,  quem vai determinar as regras para atendimento à população nas UBS e no Hospital Américo Alves, será a prefeitura e não os médicos.  “Se eles quiserem trabalhar tudo bem.  Mas se não quiserem, vamos trazer médicos de fora”, declarou Vado.

A polêmica sobre a SERMA (associação médica que presta serviço a prefeitura da cidade) e a Prefeitura, se deu depois que a Secretaria de Saúde determinou o atendimento das 17 as 22 horas no Hospital Américo Alves. A maioria dos médicos se recusou a trabalhar neste horário.

Por outro lado a vereadora Michele Rufo Junqueira, esposa de Vado e presidente do Legislativo da cidade, generalizou e declarou na sessão da Câmara Municipal do último dia 08, que os médicos de Orlândia não querem trabalhar para a Prefeitura  depois das 18 horas, no novo cronograma de horários estabelecido pela Secretaria da Saúde.

Na última sessão da Câmara dia 15, o vereador Murilo Spadine, indagou a vereadora Michele,  dizendo que ela estaria generalizando. E pediu para que desse “nome aos bois” ou citasse os nomes dos médicos. Michele afirmou que: “Não são todos os médicos que não querem trabalhar,  apenas 99,99% deles”.                                                                                            

Também existem desentendimentos entre a SERMA e a Prefeitura no que diz respeito ao reajuste dos serviços prestados. A Prefeitura teria negado  reajuste a SERMA, que teria dito, então, que não prestaria mais serviços médicos. A Prefeitura  está estudando o caso.

 

Esta notícia foi lida 63 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*