(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Brasil / Vereador e Ituverava quer detector e metais, câmeras e mais segurança nas escolas
Salaaula4

Vereador e Ituverava quer detector e metais, câmeras e mais segurança nas escolas

Projetos do vereador Gabiru darão segurança nas escolas

A Câmara Municipal aprovou por unanimidade, em reunião realizada dia 4 de junho, os projetos de Lei Nº 006/19, que determinam o Poder Público a instalação de detectores de metais nos acessos aos estabelecimentos de ensino no município, e o nº 007/19 que obriga a instalação de câmeras de monitoramento de segurança 24 horas, também nos estabelecimentos de ensino do município. Os projetos, que fora protocolado dia 14 de março desse ano, é de autoria do vereador Rafael Gabiru. Na ocasião, o vereador justificou dando como exemplo, a tragédia ocorrida em uma escola da cidade de Suzano, quando dois jovens mataram 8 pessoas e um suicidou, tragédia que levantou diversas discussões, inclusive sobre a segurança nas escolas.
“Infelizmente não é a primeira vez que acontece violência e morte em escolas, motivo pelo qual propus o projeto e, espero que a Administração Municipal sancione-os e tome providências para o mais rápido possível, para colocar em prática a lei aprovada pela Câmara, afinal, a vida e segurança de alunos, professores e equipe das escolas do município devem ser preservadas, pois atrocidades tem acontecido com frequência em todo o mundo”, afirma Rafael Gabiru.

Detectores de metais
De acordo com o Projeto de Lei nº 006/19, todas as pessoas deverão passar pelo detector de metais antes de entrar nas escolas. “É público e notório que os estabelecimentos de ensino vêm passando por uma onda de violência nunca antes vista. professores, funcionários e os próprios alunos são agredidos com facas e até mesmo armas de fogo, entre tantos outros objetos”, afirma o vereador.
“Está comprovado, com fundamento na experiência em segurança pública, que os detectores de metais, acrescidos da inspeção dos pertences em aparelhos de raios-X, podem coibir a entrada de armas e objetos que propiciam o cometimento de crimes e agressões”, justifica.
“Nossa proposta tem o objetivo se tornar obrigatória a inspeção de pertences e pessoas, com detectores de metais, antes de adentrarem em um estabelecimento de ensino”, ressalta.

Câmeras de monitoramento

De acordo com o Projeto de Lei Nº 007/19 que foi aprovado, deverão ser instaladas câmeras de monitoramento de segurança 24 horas nas escolas do município. “Cada unidade escolar terá pelo menos três câmeras de segurança que registrarão permanentemente as áreas de acesso e principais instalações internas. Serão prioridade as escolas situadas em áreas em que forem constatados maiores índices de violência, vandalismo e tráfico de drogas”, diz o vereador Rafael Gabiru.

Esta notícia foi lida 43 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*