(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Ciência e Tecnologia / Por que o telescópio James Webb mudou a forma que vemos o espaço
Telescopoio

Por que o telescópio James Webb mudou a forma que vemos o espaço

Na última terça-feira, a Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA) divulgou imagens impressionantes captadas pelo telescópio James Webb. Lançada em 25 de dezembro de 2021, a estrutura espacial é a sucessora do famoso Hubble e promete mudar a forma como a humanidade vê o espaço.

Além de captar imagens com mais resolução e riqueza de detalhes, o James Webb consegue “enxergar” 13 bilhões de anos-luz, numa distância de 1,5 quilômetros da Terra. Com isso, se torna uma ferramenta capaz de detectar galáxias, estrelas, buracos negros e fazer novas descobertas científicas.

Os materiais coloridos e inéditos apresentados pela NASA já dão um gostinho do potencial do equipamento. É possível ver o agrupamento de galáxias SMACS 0723 e o Quinteto de Stephan, formado por cinco galáxias na constelação Pegasus.

O telescópio também captou imagens de nebulosas, que são nuvens cómicas posicionadas ao redor de estrelas. No material divulgado pela agência espacial, é possível contemplar a Nebulosa Keel e a Nebulosa de Anel do Sul, captada por meio da inédita visão infravermelha do Webb.

Além disso, a estrutura entregou imagens diferenciadas e mais detalhadas da Nebulosa Carina, que já tinha sido identificada pelo Hubble.

A previsão é de que, ao longo dos próximos meses, o telescópio James Webb siga registrando feitos inéditos para a exploração espacial. Um de seus principais objetivos é investigar planetas distantes e verificar se eles podem ser habitados.

Esta notícia foi lida 35 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com