(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Economia / Inflação chega a 10,06% em 2021, a maior desde 2015
BancoCenral

Inflação chega a 10,06% em 2021, a maior desde 2015

Daniela Amorim, O Estado de S.Paulo

RIO – Puxado principalmente pelos combustíveis, gás de cozinha e energia elétrica, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), indicador oficial de inflação do País, fechou o ano em 10,06%. É o maior patamar desde 2015, no governo Dilma Rousseff, quando ficou em 10,67%.

Com isso, o resultado em 2021 ficou consideravelmente acima da meta de 3,75% perseguida pelo Banco Central para o ano, chegando quase ao dobro do teto de tolerância, de 5,25%. O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, terá, por conta disso, de enviar uma carta o ministro da Fazenda, Paulo Guedes, explicando as razões de não ter conseguido cumprir a meta.

alta da inflação no ano passado teve uma contribuição decisiva do setor de Transportes, que subiu 21,03% no acumulado de janeiro a dezembro. Esse avanço está relacionada principalmente ao comportamento do preço dos combustíveis,  que subiram 49,02% ao longo de 2021. A gasolina, subitem de maior peso no IPCA, subiu 47,49%, e o etanol, 62,23%.

Esta notícia foi lida 51 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com