(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Esportes / Guerrero lamenta punição: Me tiraram a Copa
durante o treino desta tarde no CT Joaquim Grava, zona leste da cidade. O proximo jogo será amanha, quarta-feira, dia 25/02 contra o Linense, no Estadio Gilbertao., jogo adiado da 2a. rodada do Campeonato Paulista de  2015. Juiz: Luiz Vanderlei Martinucho - Sao Paulo / SP - Brasil - 24/02/2015. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
durante o treino desta tarde no CT Joaquim Grava, zona leste da cidade. O proximo jogo será amanha, quarta-feira, dia 25/02 contra o Linense, no Estadio Gilbertao., jogo adiado da 2a. rodada do Campeonato Paulista de 2015. Juiz: Luiz Vanderlei Martinucho - Sao Paulo / SP - Brasil - 24/02/2015. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Guerrero lamenta punição: Me tiraram a Copa

Paolo Guerrero se pronunciou pela primeira vez após a ampliação da pena para 14 meses de suspensão por doping. O atacante, ao “Canal N”, do Peru, lamentou a decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), que deixa o peruano fora da Copa do Mundo e do restante da temporada (veja o vídeo acima).

– O futebol para mim é um sonho e continua sendo. Tive a sorte de crescer como jogador. Não consumi nenhum tipo de droga ou substância proibida, jamais tive vontade, porque nunca me chamou a atenção e sempre fui profissional. Nunca fiz isso. Aprendi desde novo o que um atleta pode ou não consumir.

Às pessoas que contribuíram para esta vergonhosa injustiça digo que estão me roubando a Copa do Mundo e, talvez, minha carreira. Espero que consigam dormir em paz. Estou estudando com meus advogados para decidir os próximos passos – declarou Guerrero.

Guerrero está fora da Copa do Mundo da Rússia (Foto: Reuters) Guerrero está fora da Copa do Mundo da Rússia (Foto: Reuters)

Guerrero está fora da Copa do Mundo da Rússia (Foto: Reuters)

A decisão, em última instância, é definitiva. Não cabe recurso. Como já cumpriu seis meses de suspensão, Guerrero poderá a voltar a jogar em oito meses. Com isso, o atacante só poderá entrar em campo novamente a partir de 2019. O contrato com o Flamengo acaba no dia 10 de agosto.

O vínculo de Guerrero com o Rubro-Negro acaba no dia 10 de agosto. As partes conversam desde o ano passado, mas o acordo ainda parecia distante. Clube e jogador aguardavam o resultado do julgamento do TAS para intensificar as conversas. A ampliação da pena tende a encerrar as negociações.

Veja a declaração de Guerrero:

“Está na hora de me pronunciar. Estar passando por esta injustiça há seis meses e hoje ter uma decisão dessas, onde o TAS ratifica 14 meses de suspensão para mim é duríssimo. São muitos momentos difíceis para mim e minha família.

Quero falar para a imprensa, meus fãs, torcedores do Flamengo e da seleção peruana, que estão sempre me apoiando, e para as pessoas que rezam por mim.

O futebol para mim é um sonho e continua sendo. Tive a sorte de crescer como jogador. Sinto que meu sonho de jogar futebol e disputar uma Copa com 36 anos foi tirado. Não consumi nenhum tipo de droga ou substância proibida, jamais tive vontade, porque nunca me chamou a atenção e sempre fui profissional. Nunca fiz isso. Aprendi desde novo o que um atleta pode ou não consumir.

O meu futebol aparece pelo meu talento e condição física. Apenas isso. Queria mostrar que durante o processo mostramos várias coisas: que nunca consumi droga, isso foi provado; nunca tive a intenção de melhorar minha performance, porque isso tampouco melhora a performance, e foi provado na Fifa, na Wada e no TAS. Eu estava sob regime da seleção, sob protocolos de segurança e nutrição. Tomei o chá que o garçom não deveria ter servido a um jogador profissional.

Às pessoas que contribuíram para esta vergonhosa injustiça digo que estão me roubando o Mundial e, talvez, minha carreira. Espero que consigam dormir em paz. Estou estudando com meus advogados para decidir os próximos passos”.

Esta notícia foi lida 26 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*