(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Esportes / Tevez revela possibilidade de retorno por seis meses antes de aposentadoria
Tevez

Tevez revela possibilidade de retorno por seis meses antes de aposentadoria

Carlos Tevez quebrou o silêncio na Argentina. Quase três meses depois, o ídolo do Boca Juniors falou sobre sua situação, a decisão que tomou de doar todos seus salários enquanto seguir na Argentina e uma revelação sobre o futuro: poderia encerrar a carreira no Corinthians.

Campeão brasileiro em 2005, o argentino é alvo de especulações constantes envolvendo a equipe alvinegra. Desta vez, porém, falou claramente sobre a possibilidade. No fim do ano, ou se aposenta ou atua seis meses no Corinthians ou no West Ham, que defendeu na Inglaterra.

“Não assinei (com o Boca) por um ano, assinei por seis meses. Então vemos, não sabemos como vai voltar o futebol, é uma incerteza para o Boca e para mim. O mais claro e lógico é não assinar por um ano, eu quis por um ano e me disseram que não podia, que era um ano e meio. ‘Então tentemos seis meses’, disse”, iniciou o atacante sobre sua situação.

“E doar todo meu contrato, estaria bom e pronto, não se fala mais de dinheiro. Eu, no Boca, não falei de dinheiro e fiz muitas coisas pelo Boca. É justo da parte do Boca: ‘Vemos como está Carlitos’. E eu o mesmo, vejo se me aposento em dezembro, ou me vou seis meses ao Corinthians ou seis meses ao West Ham”, complementou.

“A chance deixo aberta, não quero ser escravo das minhas palavras, depois vemos… Por agora, está bom assim, o que decidi com a minha família”, seguiu.

“Na Argentina, só jogo no Boca, isso disse sempre. Se me disser de Europa, iria ao West Ham, sim. Ainda que seja seis meses para que me aplaudam (risos).”

Ronovação com o Boca

Para seguir até o final de 2020 no Boca Juniors, depois de ter sido campeão argentino na última temporada, fazendo o gol do título, Tevez decidiu abrir mãos dos salários.

“Sim, sigo no Boca, e a verdade é que há que esperar a resposta do Boca, há algumas mudanças em que seguramente o contrato é até dezembro, não é um ano, são seis meses, em que creio que o importante nesta pandemia que estamos passando, e que as pessoas estão sofrendo por falta de trabalho, decidimos com minha família que o contrato que o Boca me ofereceu será doado a uma entidade sem fins lucrativos”, explicou.

“Vou doar todo meu contrato, ou seja, luvas e salário, tudo, então, vocês (jornalistas) vão ter que me emprestar para a gasolina para ir treinar…”, brincou.

“Nos próximos dias, seguramente diremos o nome (da instituição) para as pessoas que precisam da vacina, para as camadas populares. Queremos deixar claro no contrato para onde vai ir, não quero nenhum dinheiro, não quero nem ver, quero que vá para onde estamos destinando, decidimos que isso é um bem e pode ajudar muitas famílias.”

Segundo Tevez, seu desejo no Boca é “jogar mais seis meses e ganhar a Copa Libertadores”, competição interrompida ainda na fase de grupos pela pandemia do novo coronavírus e ainda sem previsão de retorno. O clube de Buenos Aires estava na chave H, com quatro pontos, dois a menos que o líder Libertad-PAR e a frente de Caracas-VEN e Independiente Medellín-COL.

 

Esta notícia foi lida 41 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com