(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Camisa usada por Maradona no gol ‘La Mano de Dios’ é leiloada por R$ 44 milhões; filha diz que não é a original
A Sotheby's technician adjusts a football shirt worn by Argentina's Diego Maradona during the 1986 World Cup quarter-final match against England, during a photocall at Sotheby's auction house in London on April 20, 2022, ahead of its sale. - The jersey worn by Diego Maradona when he scored twice against England in the 1986 World Cup, including the infamous "hand of God" goal, is to be auctioned off this month, Sotheby's announced Wednesday. The blue number 10 shirt has been owned since the end of the controversial World Cup encounter by opposing midfielder Steve Hodge, who swapped his jersey with Maradona after England lost 2-1. (Photo by ADRIAN DENNIS / AFP)
A Sotheby's technician adjusts a football shirt worn by Argentina's Diego Maradona during the 1986 World Cup quarter-final match against England, during a photocall at Sotheby's auction house in London on April 20, 2022, ahead of its sale. - The jersey worn by Diego Maradona when he scored twice against England in the 1986 World Cup, including the infamous "hand of God" goal, is to be auctioned off this month, Sotheby's announced Wednesday. The blue number 10 shirt has been owned since the end of the controversial World Cup encounter by opposing midfielder Steve Hodge, who swapped his jersey with Maradona after England lost 2-1. (Photo by ADRIAN DENNIS / AFP)

Camisa usada por Maradona no gol ‘La Mano de Dios’ é leiloada por R$ 44 milhões; filha diz que não é a original

A camisa usada pelo astro Diego Maradona ao marcar seu famoso gol de mão contra a Inglaterra na Copa do Mundo de 1986 foi arrematada em um leilão por 7,1 milhões de libras (cerca de R$ 44 milhões), afirmou a casa de leilões Sotheby’s nesta quarta-feira (4).
O dono da peça era o ex-meio-campo da seleção inglesa Steve Hodge, que trocou a camisa com Maradona após a Argentina vencer a partida por 2 x 1, com dois gols do lendário atacante, o segundo deles, numa jogada individual, é considerado um dos maiores gols da história do torneio.

Uma das filhas do craque argentino, Dalma Maradona, disse que essa não é a camisa que ele usou na hora do gol, mas sim a do segundo tempo.
Foi uma tentativa de recuo de Hodge que gerou o lance que ficou conhecido como gol ‘La Mano de Dios’. Maradona subiu para disputar a bola com o goleiro inglês Peter Shilton e utilizou a mão para marcar o primeiro gol dos argentinos. Após a morte de Maradona em 2020, Hodge havia dito que a camisa não estava à venda.

A camisa de futebol utilizada por Pelé na final da Copa do Mundo de 1970 era a mais cara a já ter sido vendida em um leilão, de acordo com o Guinness World Records. A peça arrecadou 157 mil libras em 2002. Muito abaixo do valor alcançado pela do Maradona, que segundo a Sotheby’s detém o novo recorde.
Maradona, que liderou a Argentina campeã mundial em 1986, é considerado um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos. O astro argentino morreu aos 60 anos em 2020.

Camisa errada?
Dalma Maradona, uma das filhas do craque argentino Diego Maradona, disse que a camisa que foi para leilão não era a que seu pai usou quando marcou o gol ‘La Mano de Dios’

“Esse ex-jogador acredita que tem a camisa do segundo tempo do meu pai, mas é uma confusão. Ele tem a do primeiro. Queríamos esclarecer isso para que as pessoas que quiserem comprá-la saibam da verdade”, afirmou a filha de Maradona no início de abril, quando foi anunciado o leilão.
Perguntada sobre o destino da suposta camisa original, Dalma preferiu não revelar com quem ela está.

“Não é essa. Não quero dizer quem a tem porque é uma loucura. Não está com este homem. Não sou em quem confirma, ele (Maradona) que me disse: ‘Como vou dar a camisa da minha vida?’”, declarou Dalma à imprensa argentina.

O Sotheby’s, empresa responsável pelo leilão, disse que usaram uma tecnologia de comparação fotográfica, examinando detalhes específicos da peça, e chegaram a conclusão de que essa é sim a camisa do gol.

Fonte:g1.globo.com

Esta notícia foi lida 43 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com