(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Confirmada encontro entre Trump e Kim Jong-un
White House Chief of Staff John Kelly (C) escortse North Korean Kim Yong Chol (L) to the White House on June 1, 2018 in Washington,DC.
US President Donald Trump is to receive a letter from his North Korean counterpart Kim Jong Un on Friday, a much-anticipated moment as preparations for a historic nuclear summit gain pace. Kim's right-hand man, Kim Yong Chol, traveled to Washington a day after talks in New York with Secretary of State Mike Pompeo making what the US diplomat called "real progress" towards holding the planned June 12 summit.
 / AFP PHOTO / Saul LOEB
White House Chief of Staff John Kelly (C) escortse North Korean Kim Yong Chol (L) to the White House on June 1, 2018 in Washington,DC. US President Donald Trump is to receive a letter from his North Korean counterpart Kim Jong Un on Friday, a much-anticipated moment as preparations for a historic nuclear summit gain pace. Kim's right-hand man, Kim Yong Chol, traveled to Washington a day after talks in New York with Secretary of State Mike Pompeo making what the US diplomat called "real progress" towards holding the planned June 12 summit. / AFP PHOTO / Saul LOEB

Confirmada encontro entre Trump e Kim Jong-un

O presidente dos EUA, Donald Trump, confirmou nesta sexta-feira, 1.º, a cúpula com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, no dia 12, em Cingapura. “Acho que deve ser um processo muito bem-sucedido”, afirmou o republicano a jornalistas na Casa Branca.

O ditador disse em carta enviada a Trump que pretende se reunir com ele, mas sem fazer concessões ou ameaças significativas. O diplomata norte-coreano e braço direito do líder norte-coreano, Kim Yong-chol, chegou nesta tarde à Casa Branca para entregar o texto ao líder americano e se reunir com ele. O general viajou para Washington depois de dois dias de reuniões em Nova York com o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

+ Braço direito de Kim Jong-un se reúne com Pompeo para preparar cúpula com Trump

+ Artigo: Donald Trump e a arte da enrolação

O encontro de Kim Yong-chol com Trump é mais um sinal de reaproximação entre os dois países. A cúpula que estava agendada para o dia 12 de junho em Cingapura foi suspensa pelo presidente americano, que depois recuou e disse que quer se reunir com o ditador norte-coreano. / Dow Jones Newswires e AFP

Esta notícia foi lida 29 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*