(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / EUA devem anunciar nesta sexta restrição de voos do Brasil

EUA devem anunciar nesta sexta restrição de voos do Brasil

WASHINGTON – O governo americano planeja anunciar nesta sexta-feira a restrição de entrada de voos vindos do Brasil, segundo duas fontes relataram ao Estadão. O presidente americano, Donald Trump, convocou uma coletiva de imprensa às pressas para esta tarde, mas ainda não está claro se o tema será abordado por ele ou se o possível anúncio seria feito de forma oficial em nota pelo governo americano.

A restrição de voos com origem no Brasil já vinha sendo discutida dentro do governo americano nas últimas semanas e, nesta sexta-feira, ganhou contornos oficiais no Departamento de Estado. Trump ameaçou ao menos duas vezes cancelar a entrada de voos do Brasil, por causa do aumento de infecções pelo coronavírus no País.

Cabe ao presidente, agora, confirmar sua decisão final. A chamada de uma coletiva de imprensa sem previsão na agenda fez com que fontes que acompanham o tema considerem que Trump tenha decidido fazer o anúncio ele mesmo. Trump tem evitado críticas ao presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de quem é um aliado, mas o aumento de casos de coronavírus no Brasil tem sido apontado como um problema pelo americano.

Trump chegou a sugerir a ideia de restringir os voos do Brasil ao menos duas vezes nas últimas semanas e tem sido pressionado por autoridades que recebem os voos do Brasil, como o prefeito de Miami, Francis Suarez.

Nesta semana, o americano afirmou que não quer “pessoas entrando e infectando nosso povo” e, no dia seguinte, a possibilidade de limitar a entrada de brasileiros foi mencionada pela primeira vez pelo vice-presidente, Mike Pence, que é também chefe da Força Tarefa da Casa Branca para combate ao coronavírus.

Atualmente há 13 voos semanais em operação entre Brasil e EUA, sendo 6 para o Estado da Flórida e outros 7 para Houston, no Texas. Com a medida, as empresas podem continuar a operar as rotas, se desejarem, mas há restrição de quem pode entrar no país.

A medida desenhada pela diplomacia americana é semelhante à imposta aos países europeus, em que apenas americanos ou estrangeiros com residência permanente nos EUA estariam autorizados a entrar nos EUA quando estiverem em um voo procedente do Brasil.

Esta notícia foi lida 63 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com