(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Polícia atira em menino com autismo após mãe pedir ajuda nos EUA
Autista

Polícia atira em menino com autismo após mãe pedir ajuda nos EUA

LOS ANGELES – Um menino com autismo ficou gravemente ferido após ser atingido por disparos de policiais na cidade de Salt Lake City, em Utah, no centro-oeste dos Estados Unidos. Os policiais atendiam a um chamado da mãe do jovem quando dispararam várias vezes contra ela.

Linden Cameron, de 13 anos, estava passando por uma crise quando sua mãe, Golda Barton, ligou para o número de emergência 911 para obter assistência. “Eu disse a eles, ele está desarmado, ele não tem nada, ele só fica bravo assim e começa a gritar. Ele é uma criança tentando chamar a atenção”, contou a mãe ao canal KUTV.

Quando a polícia chegou ao local, o menino fugiu e, na perseguição, um dos policiais atirou nele várias vezes. “Durante uma curta perseguição a pé, um policial disparou sua arma e atingiu o sujeito”, disse o sargento da polícia de Salt Lake, Keith Horrocks, em coletiva de imprensa. “Ele foi transferido para o hospital em estado grave”, informou.

O menino sofreu ferimentos no ombro, intestinos, bexiga e tornozelos. “Ele é uma criança pequena, por que simplesmente não o derrubaram?”, questionou a mãe em prantos, lembrando que implorou aos policiais.

De acordo com a versão policial, Linden Cameron foi considerado suspeito de fazer “ameaças com uma arma” a conhecidos, mas segundo Horrocks, nenhuma evidência de arma foi encontrada no local até o momento.

Em um país abalado por protestos contra a violência policial após as mortes escandalosas de alguns cidadãos negros, o caso de Cameron provocou o clamor de o

Esta notícia foi lida 53 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com