(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Presidente israelense critica fala de Bolsonaro sobre Holocausto
Israel

Presidente israelense critica fala de Bolsonaro sobre Holocausto

O presidente de Israel, Reuven Rivlin, criticou ontem declaração do presidente Jair Bolsonaro de que o Holocausto pode ser “perdoado, não esquecido”. “Nunca vamos perdoar e nunca vamos esquecer”, escreveu Rivlin no Twitter. 

Sem mencionar o nome do presidente brasileiro, o líder israelense afirmou ainda: “Líderes políticos são responsáveis por moldar o futuro. Historiadores descrevem o passado e pesquisam o que aconteceu. Um não deve entrar no território do outro”.

O Yad Vashem, museu do Holocausto em Jerusalém, também se manifestou sobre a fala de Bolsonaro. “Discordamos da declaração do presidente brasileiro de que o Holocausto pode ser perdoado. Ninguém está em posição de determinar quem e se os crimes do Holocausto podem ser perdoados”, afirmou, em nota.

Esta notícia foi lida 81 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*