(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Queda de avião militar feito em 1939 deixa 20 mortos na Suíça
This handout picture taken and released by the Grisons Cantonal Police (Police Cantonale des Grisons) on August 5, 2018, shows the wreckage of a Junkers JU52 aircraft in Flims, after it crashed into Piz Segnas, a 3,000-metre (10,000-foot) peak in eastern Switzerland on August 4.
Twenty people are confirmed dead after a vintage World War II aircraft crashed into a Swiss mountainside, police reports said. The Junker JU52 HB-HOT aircraft, built in Germany in 1939 and now a collectors item, belongs to JU-Air, a company with links to the Swiss air force, the ATS news agency reported. / AFP PHOTO / Police Cantonale des Grisons / Handout / RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT "AFP PHOTO / POLICE CANTONALE DES GRISONS" - NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS - DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS
This handout picture taken and released by the Grisons Cantonal Police (Police Cantonale des Grisons) on August 5, 2018, shows the wreckage of a Junkers JU52 aircraft in Flims, after it crashed into Piz Segnas, a 3,000-metre (10,000-foot) peak in eastern Switzerland on August 4. Twenty people are confirmed dead after a vintage World War II aircraft crashed into a Swiss mountainside, police reports said. The Junker JU52 HB-HOT aircraft, built in Germany in 1939 and now a collectors item, belongs to JU-Air, a company with links to the Swiss air force, the ATS news agency reported. / AFP PHOTO / Police Cantonale des Grisons / Handout / RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT "AFP PHOTO / POLICE CANTONALE DES GRISONS" - NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS - DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS

Queda de avião militar feito em 1939 deixa 20 mortos na Suíça

– Ao menos 17 turistas que pagaram US$ 260 para passear 40 minutos em um avião construído em 1939 morreram na queda da aeronave nos Alpes suíços no sábado, 4. De acordo com a polícia suíça, o acidente ocorreu nas proximidades do pico de Piz Segnas, a uma altitude de 2,5 mil metros. Uma ampla operação de resgate foi iniciada ainda no sábado, com cinco helicópteros e o fechamento do espaço aéreo na região.

O grupo estava sobrevoando as montanhas em um tour promovido por uma empresa local que usa aviões militares antigos para promover suas rotas.

 

Os 17 passageiros, os dois pilotos e uma aeromoça morreram. As vítimas eram suíças e austríacas e tinham comprado o pacote para voar em um avião fabricado na Alemanha, o Junker JU-52. A empresa que operava o tour é a JU-AIR, especializada em voos panorâmicos com aviões históricos.

As causas do acidente ainda não são conhecidas. As primeiras indicações do especialista suíço Daniel Knecht apontam para uma queda praticamente vertical do avião, em elevada velocidade. Mesmo sem uma caixa preta resistente ou gravações no cockpit, o avião tinha autorização para voar, mas descobrir as causas poderá ser um trabalho mais difícil. Está descartada a colisão com outro jato ou objeto. O avião “mítico” era um dos quatro mantidos pela JU-Air, de uma associação de amigos do Exército suíço.

Depois de 40 anos de serviço, os aviões foram abandonados pelas Forças Aéreas da Suíça em 1981. O grupo de amigos coletou US$ 600 mil, renovou as aeronaves e alega que desde os anos 80 houve apenas dois pequenos acidentes, sem vítimas. Os dados também mostram uma alta frequência nos tours. Em 2014, por exemplo, 14 mil pessoas embarcaram nos aviões “vintage”.

Um dos aparelhos do grupo foi usado na filmagem de Operação Valquíria, filme com Tom Cruise. Foram fabricados 4,8 mil aviões desse modelo. Na 2.ª Guerra, eles eram destinados ao transporte de material bélico, embora originalmente fossem de passageiros. Os aviões estavam entre os preferidos de Adolf Hitler.

Em duas semanas, este é o terceiro avião que sofreu um acidente sobre os Alpes. Os outros dois eram jatos privados, com um total de oito vítimas.

 

Esta notícia foi lida 28 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*