(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Quem são os militares que mantêm Maduro no poder na Venezuela
Venezuela1

Quem são os militares que mantêm Maduro no poder na Venezuela

 
Redação, O Estado de S.Paulo
As Forças Armadas da Venezuela tem sido a principal base de sustenção interna do chavismo, e tem permitido a Nicolás Maduro continuar no poder, como se vê no recente episódio de ajuda humanitária enviada do Brasil e da Colõmbia para o país. Por isso o autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, tem insistido em oferecer anistia aos militares que se virarem contra Maduro. Também por isso o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, insiste na oferta de anistia e ameaça com sanções severas aqueles que continuarem apoiando Maduro.
 

Todos são rápidos em garantir a Maduro que seu tempo acabou, mas, depois de várias semanas em que 52 países declararam apoio a Guaidó e milhões de venezuelanos tomaram as ruas em repúdio ao regime chavista, o presidente venezuelano segue entrincheirado no poder, sob a proteção fiel das Forças Armadas Venezuelanas, especialmente do Alto Comando Militar.

Segundo o jornal colombiano El Tiempo, são seis oficiais militares do mais alto escalão do país, os comandantes de cada componente das Forças Armadas – Exército, Marinha, Aviação, Guarda Nacional, Comando Estratégico Operacional e o Ministro da Defesa, que ainda sustentam Maduro.

Eles lideram a rede de outros 2 mil generais que Maduro nomeou durante seus anos de mandato, entre os quais centenas que receberam o controle de setores econômicos, como atividade portuária, exploração de petróleo, mineração de ouro, e, mais recentemente, a distribuição de alimentos do país.

Segundo a ONG Transparência Venezuela, pelo menos 60 das 576 empresas gerenciadas pelo Estado são lideradas por militares, incluindo a Petroleos de Venezuela (PDVSA), responsável por mais de 95% da entrada de dólares do governo. A organização Controle de Cidadãos contabilizou, com nome e sobrenome, 500 oficiais militares que participam do Suprimento Soberano da Grande Missão, com o qual Maduro delegou desde a produção até a distribuição de alimentos no país.

Este são os seis altos comandantes das Forças Armadas da Venezuela que permitem que Maduro continue no poder – todos muito próximos de Hugo Chávez e de Cuba:

Vladimir Padrino López, Ministro da Defesa

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino Lopez, em uma conferência de imprensa em Caracas

Esta notícia foi lida 150 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*