(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Internacional / Rússia admite que testes de ‘novas armas’ causaram explosão nuclear que matou cinco pessoas
Putin3

Rússia admite que testes de ‘novas armas’ causaram explosão nuclear que matou cinco pessoas

Quatro dias depois da explosão nuclear que provocou a morte de pelo menos cinco pessoas em uma remota base da Marinha da Rússia perto da cidade portuária de Severodvinsk, no norte do país, Moscou reconheceu, nesta segunda-feira, 12, que o acidente está ligado a testes de “novas armas”.

Embora os detalhes do acidente e o tipo da arma sejam mantidos em sigilo, especialistas americanos e alguns jornais locais consideraram que este acidente poderia estar relacionado com os testes do míssil de cruzeiro Burevestnik, uma das novas armas “invencíveis” alardeadas pelo presidente Vladimir Putin em discurso feito em março de 2018.

 

Uma fonte da indústria militar negou neste domingo que o acidente tenha ocorrido com um Burevestnik e afirmou, em declarações ao jornal Nezavisimaya Gazeta, que os testes dessa arma foram concluídos com sucesso há meio ano.

Ao mesmo tempo em que homenageou os cinco membros de seu pessoal mortos no incidente, a agência nuclear russa garantiu, nesta segunda, sem dar muitos detalhes, que “continuará o trabalho deste novo tipo de arma que, sob qualquer circunstância, será feito até o fim”.

“Cumpriremos os deveres que nossa Pátria nos confiou. Sua segurança estará garantida por completo”, garantiu o chefe da empresa de energia nuclear Rosatom, Alexei Lijachev, citado pelas agências de notícias russas.

Esta notícia foi lida 24 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*