(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Local / Policial militar é baleado em Orlândia
PM1

Policial militar é baleado em Orlândia

Policial militar é baleado em Orlândia

 

A cidade de Orlândia registrou o primeiro homicídio do ano.

Mauro Cezar Virgílio de Assis, de 47 anos, foi baleado na altura da rua 9 – 1.711 – Jardim Parisi, as 02:25 horas de domingo dia 9.

Segundo o Dr. João Batistuce, ouvido pela ORC, o policial foi alvejado por duas vezes por Wanderson Olímpia Zani de 37 anos por uma espingarda calibre 12.

Tudo começou em um bar envolvendo Wanderson Oilímpia Zani, e  uma pessoa ainda não identificada. Armado da espingarda calibre 12,  Wanderson discutiu a devolução de uma bicicleta, que seu filho teria emprestado a um amigo.

Depois da discussão e a bicicleta devolvida Wanderson, seguia de carro para sua casa. Foi quando o policial Mauro Cezar, observando o Wanderson armado,  passa a segui-lo, acreditando tratar-se de pessoa desconhecida e armada (o que poderia ser considerado crime – sem posse de arma). 

Wanderson é considerado pessoa correta, trabalha na Paz Turismo, e não tem passagem pela polícia.

Segundo a Polícia Militar, mesmo ferido, Mauro Cezar conseguiu dirigir até um hospital, mas não resistiu. O suspeito foi preso em Mauro César Virgílio de Assis, que estava de folga, seguia de carro com a mulher, quando viu um homem apontar uma espingarda calibre 12 para uma pessoa na rua.

Ele passou a acompanhar o suspeito e pediu apoio da corporação. Ao perceber que estava sendo seguido, o homem parou em frente a uma casa. O sargento desceu do carro, mas foi surpreendido por tiros disparados por ele.

Dois tiros atingiram o policial. De acordo com nota divulgada pela Polícia Militar, Assis dirigiu até HBSA, mas morreu enquanto passava por cirurgia.

O suspeito, um motorista de 37 anos, foi preso e alegou que os disparos foram acidentais. Com ele foram apreendidas duas espingardas calibres 12 e 36, uma garrucha calibre 38, uma espingarda de pressão calibre 5,5 milímetros, um machado e dez facas, além de munição. O armamento foram encaminhado para a perícia.

O motorista foi levado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de São Joaquim da Barra (SP), onde foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e posse irregular de arma de fogo de uso permitido.

O corpo do sargento foi enterrado neste domingo, às 17h30, no Cemitério Municipal de Orlândia.

Esta notícia foi lida 238 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com