Pesquisa Datafolha mostra que João Doria (PSDB) e Paulo Skaf (MDB) seguem liderando a corrida para o governo de São Paulo. Doria tem 26% e Skaf, 22%. Em terceiro, Márcio França, do PSB, aparece com 16%. As porcentagens dizem respeito aos votos totais, incluindo brancos, nulos e indecisos.

Em quarto lugar, aparece Luiz Marinho (PT), com 6%, seguido pela candidata Professora Lisete (PSOL), 3%. Major Costa e Silva (DC) e Rodrigo Tavares (PRTB) tem 2%. Toninho Ferreira (PSTU), Marcelo Cândido (PDT), Rogério Chequer (Novo), Cláudio Fernando (PMN) e Lilian Miranda (PCO). Brancos, nulos e indecisos somam 19%.

No cenário em que se consideram apenas os votos válidos, Doria aparece com 32% contra 27% de Skaf e França vem em terceiro com 19%. Marinho, 8%, Lisete e Costa e Silva, 3%. O levantamento foi contratado pela TV Globo em parceria com o jornal Folha de S.Paulo e divulgado na noite desta quinta-feira, 4.

A nova pesquisa Datafolha para o governo de São Paulo ouviu 2.170 eleitores em 70 municípios paulistas entre os dias 03 e 04 de outubro. O levantamento está registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral sob a identificação SP-05020/2018.

Segundo turno

Caso se confirme o segundo turno entre Skaf e Doria, é o emedebista quem deve largar na frente, apesar de um empate técnico no limite da margem de erro. O candidato emedebista tem 42%, contra 38% do tucano. Se enfrentasse França, do PSB, Skaf venceria por 44% a 36%. Em um segundo turno entre França e Doria, empate numérico: os dois aparecem com 41% das intenções de voto.

O ex-prefeito de São Paulo é o candidato com a maior rejeição, com 38%, índice que chega a 49% quando se analisam apenas os eleitores da capital, administrada por Doria até abril deste ano. Os próximos na lista de rejeição são Marinho, com 29%, e Skaf, com 26%.