(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Política / Diretores da Odebrecht confirmam que obra em sítio de Atibáia foi retribuição de favores a Lula
Marcelo

Diretores da Odebrecht confirmam que obra em sítio de Atibáia foi retribuição de favores a Lula

Marcelo e Emílio Odebrecht prestam depoimento no processo do sítio de Atibaia

Por Adriana Justi e Ederson Hising, G1 PR e RPC Curitiba

O ex-executivo do Grupo Odebrecht, Alexandrino de Salles Ramos de Alencar e o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, além do empresário Emílio Odebrecht, prestaram depoimento à juíza federal substituta Gabriela Hardt na tarde desta quarta-feira (7) em uma ação da Operação Lava Jato.

As investigações desse processo apuram se o ex-presidente Lula recebeu propina de empresas como a OAS e a Odebrecht por meio de reformas e decoração em um sítio em Atibaia (SP), em troca de favorecimento em contratos com a Petrobras.

Lula, Marcelo Odebrecht, Emílio Odebrecht, Alexandrino e mais nove investigados são réus nesta ação penal. Os três ouvidos nesta quarta reafirmaram o que disseram em acordo de delação premiada.

Marcelo e Emílio também disseram novamente que a obra no sítio foi uma espécie de retribuição por favores prestados ao grupo pelo então presidente Lula.

De acordo com as investigações, as obras começaram no sítio quando Lula ainda era presidente. A propriedade não está no nome dele, mas era usada pela família do ex-presidente, conforme a força-tarefa da Lava Jato.

Esta notícia foi lida 76 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*