(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Política / Presidente da Apex se torna a primeira baixa do governo Bolsonaro
BRASILIA DF 10-01-2019 NACIONAL Mv°rio Vilalva, anunciado ontem por Ernesto Arav?jo como novo presidente da Apex, foi recebido hoje por Jair Bolsonaro. Estava acompanhado do chanceler. vâ um sinal de que Arav?jo venceu a disputa com Alex Carreiro ‚Äìque hoje se recusou a deixar o comando da agv™ncia.  FOTO MINISTERIO DAS RELACOES EXTERIORES
BRASILIA DF 10-01-2019 NACIONAL Mv°rio Vilalva, anunciado ontem por Ernesto Arav?jo como novo presidente da Apex, foi recebido hoje por Jair Bolsonaro. Estava acompanhado do chanceler. vâ um sinal de que Arav?jo venceu a disputa com Alex Carreiro ‚Äìque hoje se recusou a deixar o comando da agv™ncia. FOTO MINISTERIO DAS RELACOES EXTERIORES

Presidente da Apex se torna a primeira baixa do governo Bolsonaro

Julia Lindner, Felipe Frazão, Lorenna Rodrigues e Vera Rosa, O Estado de S.Paulo

BRASÍLIA – Dez dias depois da posse, o governo Jair Bolsonaro demitiu nesta quinta-feira, 10, o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), Alex Carreiro, que será substituído pelo embaixador Mario Vilalva. A primeira baixa num posto de comando do Executivo federal foi confirmada pelo próprio Bolsonaro após Carreiro desafiar o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. O chanceler havia anunciado a exoneração na quarta-feira, mas o presidente da Apex trabalhou nesta quinta normalmente com a alegação de que só Bolsonaro poderia demiti-lo.

 

O episódio gerou desgaste para Araújo. Na noite de quarta-feira, o ministro anunciou no Twitter que Carreiro havia pedido demissão e seria substituído por Vilalva. O comunicado foi contestado pelo presidente da Apex. Inconformado, ele permaneceu no cargo e obrigou Bolsonaro a divulgar uma nota confirmando a demissão 24 horas depois da postagem do chanceler – a agência de exportação é um órgão ligado ao Itamaraty

Bolsonaro Apex
Mário Vilalva se reúne com Bolsonaro e o chanceler Ernesto Araújo no Palácio do Planalto Foto: Ministério das Relacões Exteriores
 

O presidente também utilizou o Twitter para divulgar que havia recebido Vilalva e Araújo no Palácio do Planalto. Antes mesmo do anúncio oficial, a foto da reunião dos três já circulava pelas redes sociais. A imagem foi publicada por Bolsonaro juntamente com a mensagem: “Recebi hoje o embaixador Mário Vilalva, indicado pelo Chanceler Ernesto Araújo para o cargo de Presidente da Agência de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX). Boa noite a todos!”. 

A demissão ocorreu em meio à tentativa do governo de superar divergências entre os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Paulo Guedes (Economia) e depois da polêmica em torno da promoção de Antônio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, para o cargo de assessor especial da presidência do Banco do Brasil com o salário o triplo do atual.

Chanceler havia dito que Carreiro pediu ‘encerramento’ de suas funções

Em sua mensagem na noite de quarta, o ministro das Relações Exteriores escreveu que Carreiro havia solicitado “o encerramento de suas funções como presidente da Apex”. “Agradeço sua importante contribuição na transição e no início do governo. Levei ao presidente Bolsonaro o nome do embaixador Mario Vilalva, com ampla experiência em promoção de exportações, para presidente da Apex”.

Esta notícia foi lida 95 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*