(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Economia / Após medidas arrecadatórias de Haddad, receita cresce 6,7% em janeiro e soma R$ 280,6 bi, um recorde

Após medidas arrecadatórias de Haddad, receita cresce 6,7% em janeiro e soma R$ 280,6 bi, um recorde

Por Mariana Carneiro e Bianca Lima – Estadão

arrecadação do governo federal bateu recorde em janeiro e cresceu 6,67% (já descontada a inflação). É a primeira divulgação após o início da vigência das medidas arrecadatórias enviadas pela equipe econômica e aprovadas no ano passado pelo Congresso.

Foram R$ 280,6 bilhões recolhidos em impostos no primeiro mês do ano. A alta representa uma reversão na tendência de moderação da arrecadação registrada no segundo semestre do ano passado.

Só com o recolhimento de impostos sobre os fundos de investimentos dos super-ricos, os chamados fundos exclusivos, a arrecadação foi de R$ 4,1 bilhões em janeiro, referente à segunda parcela do pagamento de regularização dos ativos. Trata-se, porém, de um efeito não-recorrente, em razão do incentivo inicial para essa regularização.

Além da taxação dos fundos de investimentos exclusivos e no exterior (offshore), o governo aprovou a tributação dos sites de apostas online e a taxação de empresas que usufruem de benefícios tributários nos Estados por meio de subvenções. As duas medidas, no entanto, ainda não começaram a vigorar, à espera da regulamentação da Receita Federal.

Esta notícia foi lida 45 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com