(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Política / Lula visita Bolívia em meio à crise política, evita Evo Morales e reforça apoio a Luis Arce

Lula visita Bolívia em meio à crise política, evita Evo Morales e reforça apoio a Luis Arce

Jessica Petrovna

 

ENVIADA ESPECIAL A SANTA CRUZ DE LA SIERRA – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se solidarizou com Luis Arce pela quartelada em La Paz e evitou o seu aliado histórico Evo Morales ao visitar a Bolívia pela primeira vez desde que voltou ao Palácio do Planalto.

PUBLICIDADE

O encontro, segundo o governo, marca nova fase da relação Brasil-Bolívia, com foco na maior integração entre os países que compartilham 3.400 quilômetros de fronteiras. Mas coincide com o acirramento da crise política em La Paz, palco de uma intentona do Exército no mês passado.

“Não podemos tolerar devaneios autoritários e golpismos. Temos a enorme responsabilidade de defender a democracia contra as tentativas de retrocesso”, disse Lula, que havia classificado a tentativa de golpe como “imperdoável” ao chegar em Santa Cruz de La Sierra para o encontro com o presidente Luis Arce.

Lula reforçou o apoio ao governo Luis Arce contra a investida militar em meio ao fratricídio da esquerda boliviana, que tem como plano de fundo as eleições do ano que vem. E encerra a visita a Bolívia, a primeira em 15 anos, sem se reunir com Evo Morales, com quem compartilhou a “onda rosa” América Latina.

Ao lado de Arce, o petista declarou: “Em todo o mundo, a desunião das forças democráticas só tem servido à extrema direita”. Ele citou o Reino Unido e a França, onde os conservadores e a direita radical sofreram derrotas nas eleições da semana passada, acrescentando que “é imperativo superar diferenças em prol de um objetivo comum”.

Esta notícia foi lida 24 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com