(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Ciência e Tecnologia / Airbus desenvolve aeronave supersônica capaz de ir de Londres a NY em apenas 1 hora

Airbus desenvolve aeronave supersônica capaz de ir de Londres a NY em apenas 1 hora

A Airbus está desenvolvendo uma aeronave supersônica que será tão rápida que, mesmo antes de você terminar de assistir Oppenheimer, ela já teria levado você de Nova York a Londres e vice-versa.

Há mais de duas décadas, o icônico Airbus Concorde realizou seu último voo, encerrando uma era de glória na aviação, quando celebridades e empresários abastados cruzavam o Oceano Atlântico em velocidade supersônica. Diversas empresas globais, incluindo a Lockheed Martin e a NASA, buscam ressuscitar as viagens aéreas comerciais supersônicas.

Em 2015, a Airbus patenteou um revolucionário projeto de jato supersônico, prometendo atingir mais de duas vezes a velocidade máxima do Concorde. Segundo a patente, o jato “ultra-rápido” poderia voar até cerca de 4,5 vezes a velocidade do som, possibilitando uma viagem de Londres a Nova Iorque em apenas uma hora.

A aeronave supersônica da Airbus é descrita na patente como um “veículo aéreo incluindo uma fuselagem, uma asa delta gótica posicionada em cada lado da fuselagem e um sistema de motores capaz de impulsionar o veículo aéreo”.

Diferentemente do Concorde, que enfrentava problemas com o estrondo sônico destrutivo, a aeronave conceitual da Airbus aborda essa questão por meio de seu design único, sistemas de propulsão e trajetória de voo inovadora.

O jato da Airbus é impulsionado por três tipos distintos de motores operando em sequência. Durante a decolagem e o pouso, um par de motores a jato tradicionais na parte inferior da fuselagem fornece energia. Após a decolagem, esses motores se retraem para reduzir o arrasto. Em seguida, um par de motores de foguete na parte traseira assume o controle, fazendo com que o jato supersônico se eleve verticalmente, semelhante a um foguete espacial, até atingir mais de 100.000 pés de altitude.

Na altitude de cruzeiro, os motores do foguete desligam e se retraem, enquanto um par de ramjets nas asas entra em operação, impulsionando a aeronave a uma velocidade máxima de Mach 4,5 (aproximadamente 3.453 mph).

A aeronave conta com winglets em forma de delta especialmente projetados para limitar o estrondo sônico, um desafio enfrentado pelo Concorde ao sobrevoar áreas habitadas. Com uma velocidade máxima duas vezes superior à do Concorde, a aeronave pode completar a rota de Paris a São Francisco em menos de 3 horas.

A patente revela que o modelo civil foi projetado para transportar até 20 passageiros, com assentos tipo rede. A Airbus também propôs uma versão militar, capaz de atuar como avião de reconhecimento, semelhante ao SR71 Blackbird.

Embora tenham se passado mais de oito anos desde a concessão da patente à Airbus, pouco se ouviu sobre o progresso desse revolucionário conceito de jato supersônico. Embora a expectativa por uma versão de produção iminente seja baixa, permanece a esperança de que o projeto não tenha chegado a um impasse.

Fonte: LuxuryLaunches

Esta notícia foi lida 97 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com