(16) 3826-3000
(16) 9.9995-9011
Home / Economia / Preço do barril de petróleo cai para menos de US$ 80. O que isso significa para a Petrobras?

Preço do barril de petróleo cai para menos de US$ 80. O que isso significa para a Petrobras?

Por Denise Luna (Broadcast) e Gabriel Vasconcelos (Broadcast)

A queda do preço do petróleo no mercado internacional favorece a nova presidente da Petrobras, Magda Chambriard, dando um alívio em eventuais pressões para reajustar os combustíveis nos seus primeiros dias no cargo. Mas a perda de valor da commodity pode começar a preocupar os acionistas da estatal, caso o preço se afaste muito dos US$ 80 o barril, avaliam analistas.

Na quarta-feira, 5, o preço do contrato de petróleo do tipo Brent para agosto fechou em US$ 78,41. A queda dos últimos dias reflete a decisão da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e aliados (Opep+) de reduzir gradualmente os cortes voluntários de 2,2 milhões de barris por dia (bpd) a partir de outubro de 2024, até serem completamente eliminados em setembro de 2025.

De acordo com a analista de Crédito Sênior da Moody’s, Carolina Chimenti, a queda em reação à decisão da Opep não terá um impacto maior nas ações ordinárias da Petrobras, que na quarta-feira, 5, operavam com leve perda, de 0,27%; as preferenciais subiam 0,10%.

“A Moody’s não alterou a perspectiva para preços de petróleo com base nessa decisão, portanto não devemos ver impactos significativos para a Petrobras. O cenário para preço de petróleo continua favorável com oferta restrita e a Petrobras deve continuar reportando margens sólidas nesse contexto”, avaliou.

Segundo Adriano Pires, diretor da consultoria Centro Brasileiro de Infraestrutura (Cbie), para o acionista da estatal o petróleo alto é bom, “e para o governo deveria ser bom também, já que é o maior acionistas da Petrobras”.

“Quando o preço do petróleo cai é bom para a Petrobras e bom para o governo, porque vai no sentido de que não precisa aumentar o preço da gasolina e do diesel, e vai até diminuir a atual defasagem da gasolina, quem sabe reduzir para um nível mais estável do que está agora”, diz Pires. “Mas para a empresa em si e para o acionista não é um bom negócio, porque petróleo caro representa mais lucro, mais pagamento de dividendo.”

Esta notícia foi lida 52 vezes!

Autor redacao

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*


Popups Powered By : XYZScripts.com